Dora Gonçalves

A Criança e a Escola

Por Dora Gonçalves em Agosto de 2021

Tema Sociedade
287 visualizações

Um  reinício de escola depois de tantos condicionamentos, merece uma nova atitude por parte dos educadores, ainda por cima porque é urgente para os jovens vivenciarem novas atitudes na escola, sobretudo na forma como se leciona.

O professor pode ser uma excelente pessoa mas isso não basta; precisa saber descer ao entendimento e à compreensão de cada uma das crianças para se colocar na sua posição e perceber quais são as suas capacidades, as suas reais necessidades, de que forma poderá abordá-la e ajudá-la ao seu ritmo, etc.

Há algumas questões pertinentes e fundamentais que o professor deve ter presentes:                                                                                  

  • A criança necessita e gosta de disciplina mas rejeita a autoridade imposta sem explicações;
  • É necessário estabelecer regras e, se possível, estabelecê-las em conjunto;
  • É importante que se estabeleça um ENSINO INTERATIVO, dando um FEEDBACK POSITIVO das suas participações, INCENTIVANDO, MOTIVANDO CONSTANTEMENTE;
  • O sistema de ensino dos nossos dias não está adaptado a estas crianças. O Ideal será o MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA, WALDORF, MARIA MONTESSORI, baseado no AFETO, na individualidade de cada criança, entre outras valências.
  • É fundamental dar-lhes LIBERDADE para que sejam mais CRIATIVAS.

 Há muitos talentos escondidos.

  • É muito importante que os PROFISSIONAIS sejam pessoas Sensíveis, que fomentem o diálogo, sejam coerentes, falem baixo, definam regras orientadoras e fomentem a negociação.
  • Muitas crianças apresentam características que constituem para os adultos FALTA DE EDUCAÇÃO; contudo algumas delas apenas estão a tentar mostrar que não gostam que falem com elas daquela forma.
  • São muitas vezes rotuladas com Síndrome de Asperger; crianças problema; bipolares; depressivas; desajustadas… mas elas simplesmente têm dificuldade em se adaptar  à sociedade em que vivemos, portanto esta sociedade deve  criar, em conjunto, condições específicas para que crianças e jovens se possam desenvolver harmoniosamente dentro do espectro apresentado e que sejam parte ativa na sociedade.
  • Rotuladas com DÉFICE DE ATENÇÃO OU HIPERATIVIDADE (Hiperatividade mental e / ou motora) 
  • Têm uma grande capacidade de abstração e quando o assunto não lhes interessa desligam automaticamente e facilmente estão a pensar noutras coisas e a fazer CONEXÕES MENTAIS.
  • Estas crianças NÃO SUPORTAM O MUNDO DA REPETIÇÃO, portanto os profissionais precisam fazer ajustes nas suas práticas de ensino.
  • Em adultos, se tiverem cargos de LIDERANÇA, têm bastante sucesso porque têm muitas ideias.

O ensino deve ter em consideração estas questões, que são de caráter urgente e os professores devem ponderar se só importam as estimativas, a competição, o ser melhor do que o outro.

Deve-se ensinar e aprender de uma forma feliz num grau de liberdade com responsabilidade. Não importam as estimativas, a competição, o ser melhor do que o outro mas sim , superar-se a si mesmo e mais do que isso conhecer-se a si mesmo e por esse motivo a educação deve contemplar as emoções. Falar e praticar diferentes tipos de emoções e sentimentos é fundamental na escola. E isso já não podem ser utopias, isto é urgente que se faça, para bem de toda uma sociedade que precisa crescer saudável interiormente e a prova de que é possível fazê-lo e que traz resultados magnifícos a nível pessoal, familiar e que se traduz em resultados escolares é que eu pratiquei-o nas minhas aulas enquanto docente; criei um projeto : “ A Magia das Emoções”, que teve também os seus frutos com grupos de pais e filhos, fora da escola e durante os fins de semana. Portanto tudo o que quisermos é possível fazê-lo, basta termos consciente que é urgente a mudança e pôr mãos à obra.

Aguardo um feedback do leitor no sentido de apelar a novos artigos sobre educação ou ao desenvolvimento de projetos particulares, para que possamos fazer a nossa parte nesta sociedade. Conto consigo. Grata.

Dora Gonçalves 


ARTIGO SUGERIDO

Lilith  a Primeira Mulher

Lilith a Primeira Mulher

Dulce Pombo
Por Dulce Pombo em Agosto de 2021
Tema Sociedade / Publicado na revista Nº 22
266 visualizações

Lilith é desconhecida do cristianismo primitivo embora tenha aparecido nos primeiros séculos da era cristã. Este mito  pertence à  literatura ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

Psicologia Onírica - Waking Dream Therapy

Por Maria Antónia Jardim
Maria Antónia Jardim
262 visualizações

( ...) MARIA ANTÓNIA JARDIM transpôs para a alegria das páginas do seu livro métodos que provêm da antiguidade e que surgem como supervivência cultural com aplicação terapêutica para as ...
Ler mais