Maria Ribeiro

Brilhando na Arte de Pensar (Parte III)

Por Maria Ribeiro em Dezembro de 2010

Tema Opinião
117 visualizações

Jesus tinha todos os motivos do mundo para estar dececionado com o ser humano, mas nunca deixou de se maravilhar com ele. A vida que pulsava nas crianças, nos adultos e nos idosos era esplêndida para ele. Cada ser humano foi considerado uma jóia única, excecional, exclusiva! A sua história é um grande laboratório de auto estima.

Ele soube sempre que não somos gigantes nem heróis! Por isso era tolerante e paciente com as pessoas. Para ele, valia a pena viver cada minuto, mesmo que soframos percalços, sejamos derrotados e fiquemos dececionados connosco e com o mundo.

Depois de ele ter estado entre nós, a vida ganhou um fascinante significado…

Jesus Cristo propunha uma revolução que se iniciava no interior do homem, no mais secreto do seu ser, e não no exterior, na estética política. É impressionante, mas ele não se mostrava nem um pouco preocupado, como geralmente ficamos, com aparência, poder, status social, opinião pública.

Após ter percorrido por um longo período toda a região da Galileia, inúmeras pessoas seguiam-no. Tinha chegado o momento de entrar pela segunda vez, e última, em Jerusalém, o grande centro religioso e político de Israel. Naquele momento Jesus estava no auge da sua popularidade. As pessoas estavam eufóricas e proclamavam-no como o Rei de Israel. Alguns discípulos, que naquela altura ainda não estavam cientes do seu desejo, até disputavam quem seria maior se ele conquistasse o trono político.

Os discípulos e as multidões estavam extasiados, Mas mais uma vez, ele teve uma atitude imprevisível que chocou a todos.

Quando se esperava que entrasse triunfante em Jerusalém, com uma grande comitiva e pompa, tomou uma atitude clara e eloquente, demonstrando que rejeitava qualquer tipo de poder politico, pompa e estética exterior. Pediu um jumentinho e teve a coragem de montar aquele desajeitado animal. E foi assim que aquele homem superadmirado entrou em Jerusalém.

Que cena impressionante! Jesus montado num jumento, animal forte, mas pequeno. Quem o monta não sabe onde colocar os pés, se os levanta ou os arrasta pelo chão.

Mais uma vez, as pessoas não entenderam o seu comportamento. Os seus discípulos receberam um “balde de água fria”.

Imaginem o Presidente dos estados EUA, no dia da posse, solicitando aos seus assessores que lhe trouxessem um pequeno animal, como um jumento, para entrar na Casa Branca.  Certamente que seria encorajado a ir imediatamente a um psiquiatra. A criatividade intelectual não consegue criar uma personalidade que possui uma inteligência requintada e, ao mesmo tempo, tão despojada e humilde.

Jesus Cristo estava no auge do seu sucesso social. Todavia, ao invés de se colocar acima dos outros, ele desceu todos os degraus da simplicidade e do despojamento. Se chegasse a pé seria mais digno e menos chocante. Porém, ele preferiu montar um pequeno animal para estilhaçar os paradigmas das pessoas que o contemplavam e abrir as janelas das suas mentes para outras possibilidades.

Muitos de nós seremos mestres no discurso sobre o tema “amor”, mas dificilmente aprenderemos o mais difícil de todas as artes, a de amar.

Jesus disse: ” Ouvistes o que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e orai pelos que vou perseguem…Se amardes os que vos amam, que recompensa tendes?” Mateus 5:44

Faça desta Pascoa, uma Pascoa de consciência, Amor e Verdade. 

E, nesta época festiva renasça para um amor renovado.

Boa Pascoa!

Bibliografia – Análise da Inteligência de Cristo / Revolucione a Sua Qualidade Vida – Augusto Jorge Cury / Academia da Inteligência


ARTIGO MAIS VISTO

COVID-19 e a alimentação.

COVID-19 e a alimentação.

Isabel Moreira
Por Isabel Moreira em Março 2020
Tema Opinião
2388 visualizações

O cuidado prestado por cada um de nós é fundamental na contenção e evolução desta epidemia que afeta a todos.

Mantenham as medidas de higiene que a organização Mundial de Saúde ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

Emoções em Verso

Por Ricardo Fonseca
242 visualizações

"Emoções em Verso (2019) é o primeiro livro de poesia do escritor Ricardo Fonseca, um livro onde as suas experiências e as suas emoções são escritas em verso, onde as emoções se ...
Ler mais