Maria Ribeiro

É hora de mudar, e tenho que começar por mim!

Por Maria Ribeiro em Maio de 2020

Tema Sociedade / Publicado na revista Nº 15
294 visualizações

Como terapeuta desde 2007, reconheço que não foi um percurso fácil.

O entender na prática e o aplicar no dia a dia o que aprendemos nas formações de Reiki, convém  dizer que não é fácil, mas só não é possível para realmente quem não quer.

Durante 13 anos, muitas formações fiz e muitas técnicas energéticas aprendi, mas sem dúvida nenhuma,  o Reiki sempre foi a minha grande paixão.

O Reiki foi a reconciliação comigo mesma, foi a “muleta” em muitos momentos difíceis. O auto-reiki, levou-me e leva-me a uma tranquilidade muitas vezes inexplicável.  

Em meados de 2010 foi-me diagnosticado cancro de mama e em menos de 15 dias estava a ser operada. Sem desrespeitar todos aqueles que me acompanharam, foi a energia de Reiki que me levou a um patamar superior de entendimento.

No meu percurso como instrutora de Reiki, percebi que não podemos ensinar nada que a própria pessoa não queira aprender. Aprendi que não posso ensinar aquilo que eu própria não experienciei na prática, porque quando estamos de coração aberto a nossa integridade é Uníssona. Aprendi a beleza da concretização e do Amor. 

As formatações que nos são impostas pela sociedade são muitas, mas sem medos ou culpas devemos começar a dar passos não para fora, mas para dentro. Passos determinados e determinantes para a nossa realização pessoal, passos que nos conduzam a uma autoconstrução, a um reconhecimento de nós mesmos.

Muitas e muitas vezes me pergunto de onde venho… para onde vou... quem sou eu?

Todos nós nascemos para um propósito de vida, não interessa a  categoria profissional, ou a  condição económica, não importa…somos filhos do mesmo Pai e estamos aqui com o propósito de aprender para evoluir.

Aprender o quê? Evoluir para quê?

A palavra Reiki divide-se em “Rei” que significa “Divino” , e  “ki” que significa “energia Vital”. Ela   ensina-nos que o momento presente é o melhor momento e que a maneira como colocamos a energia, ou seja, a intenção que colocamos a energia ela materializa-se. 

Assim tudo está na nossa mente. Assim, eu tenho a capacidade de me curar e de curar a minha vida, de fazer um novo começo todos os dias. O momento presente é o meu “presente”. É aqui que eu posso definir o que quero ou não para mim, é apenas através deste momento que recrio a minha vida e consequentemente a dos outros, sim porque estamos todos ligados.

O Reiki fala-nos de amor incondicional, fala-nos da compaixão, fala-nos de amor próprio, fala-nos de respeito pelo outro e por nós mesmos, fala-nos de tanta coisa linda, é pena que esquecemos algumas vezes no nosso dia a dia! Mas em tempos de grandes mudanças, uma nova era começa e a nossa responsabilidade para connosco é grande e imprescindível.

Aprendemos no reiki que palavras devem ser cuidadas e positivas. Aprendemos que as nossas atitudes são determinantes para o nosso futuro. 

  • Aprendemos que somos um espelho do outro e que nos revemos em muitas situações. 
  • Aprendemos que é no relacionamento que nós evoluímos. 
  • Aprendemos que só nos curamos se quisermos!

Muito aprendemos e muito sabemos, mas tão pouco aplicamos nas nossas vidas, no nosso dia a dia. 

É hora de mudar…e devemos começar por nós mesmos em primeiro lugar!

Maria Ribeiro


ARTIGO MAIS VISTO

COVID-19 e a alimentação.

COVID-19 e a alimentação.

Isabel Moreira
Por Isabel Moreira em Março 2020
Tema Sociedade
2487 visualizações

O cuidado prestado por cada um de nós é fundamental na contenção e evolução desta epidemia que afeta a todos.

Mantenham as medidas de higiene que a organização Mundial de Saúde ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

Diário da Alma

Por Lurdes Pinheiro
Edições Mahatma
83 visualizações

Quando precisamos de ser organizados dentro e fora de nós, usamos uma agenda para que os nossos afazeres aconteçam na hora certa e no momento apropriado. ...
Ler mais