Isabel Moreira

A alimentação na paralisia cerebral

Por Isabel Moreira em Maio de 2021

Tema Saúde / Publicado na revista Nº 20
28 visualizações

A alimentação é uma das ações mais relevantes no crescimento e na manutenção da saúde, e do bem-estar dos indivíduos, e é também muito importante para a socialização e convívio. 

A alimentação é sem dúvida também uma prioridade na Paralisia Cerebral (PC). De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 10% da população mundial, possui algum tipo de deficiência ou incapacidade. Para que estas crianças ou pessoas com esta patologia tenham uma boa qualidade de vida, o seu estado nutricional terá que ser otimizado.

A alimentação de uma criança ou adulto com PC deve ser idêntica à da população em geral, cumprindo os princípios de uma alimentação saudável, contudo, na maioria dos casos de PC existem dificuldades alimentares associados a esta condição e é recomendável fazer adaptações e mudanças a nível alimentar quer porque há muitas vezes baixo peso e/ ou outras excesso de peso e obesidade, ou ainda obstipação, dificuldades de mastigação e/ou deglutição e a disfagia. Aparecem assim com frequência a desnutrição e o défice no crescimento. Lembre-se, a paralisia cerebral não é impeditiva para que se faça uma alimentação saudável.

Eis algumas recomendações para os pais ou cuidadores de crianças ou adultos com PC.

- Procure fazer as refeições num local calmo, vá conversando com a criança ou adulto, à medida que vai dando a alimentação; explicando o que contêm o prato.

- Faça com que a criança ou adulto com PC prove cada sabor de forma isolada, para ir percebendo como ele vai reagindo a cada paladar.  

- Não mostre pressa durante o tempo dedicado à refeição. Dê tempo para mastigar e engolir. 

- Espace as refeições entre elas, cerca de três horas, mas antes de iniciar a refeição observe os sinais que este lhe dá, para ver se já sente vontade de comer. 

- Não salte refeições.

- Selecione os alimentos apelativos e com cor, de forma que tenha uma alimentação o mais variada possível.

- Componha a refeição a partir da alimentação da família, para se sentir integrado, com aspeto agradável, criativo e saboroso. 

- Inclua no dia alimentar leite (se não houver intolerância), ou seus substitutos (iogurte, queijo), ovos e peixe para que forneça proteínas de alto valor biológico, algumas vitaminas e ómega-3 tornando um dia alimentar mais equilibrado. 

- Para facilitar o funcionamento do intestino, deve ingerir de manhã em jejum, água ou chá a uma temperatura tépida. Pode também incluir iogurtes com bífidos ou bebida Kefir e ameixas frescas. Massajar a zona abdominal com regularidade pode também ser benéfica. 

- Procure no seu dia alimentar fornecer mais hortícolas e frutas inteiras ou em puré/pasta ou polpa. Não esquecer que devem ser ingeridas imediatamente a serem elaboradas para que sejam preservadas as vitaminas de uma forma geral, contêm também minerais, antioxidantes e fibra.

- Introduza diariamente pequenas porções de frutos secos/gordos e leguminosas, pode usar por exemplo manteiga de amendoim, pasta de grão-de-bico entre outros, facilitando o trânsito intestinal e fornecendo algumas vitaminas lipossoluveis, minerais, antioxidantes e fibra.

- Relativamente aos cereais privilegie os cereais mais escuros, pouco refinados caso haja ingestão de pão. Prefira o consumo de flocos de aveia sem adição de açúcar. Estes alimentos contêm vitaminas do complexo B, minerais, antioxidantes e fibra.

- Caso seja necessário aumentar a densidade calórica deve recorrer a suplementos nutricionais, que deverão ser prescritos por um técnico especializado - nutricionista.

- Sempre que possível, deverá ser aumentada a atividade física tendo em conta as capacidades do indivíduo. 

Para as pessoas com PC, as refeições deverão ser uma fonte de felicidade e uma oportunidade de convívio com a família e amigos, nunca devendo ser encaradas como um momento stressante ou desconfortável.

Só é possível para uma pessoa portadora de PC ter uma boa qualidade de vida, se o seu estado nutricional for favorável.

Isabel Moreira 

Céd.Prof. 1064 ON


ARTIGO SUGERIDO

As emoções e a doença

As emoções e a doença

Ricardo Fonseca
Por Ricardo Fonseca em Maio de 2020
Tema Saúde / Publicado na revista Nº 15
579 visualizações

As emoções são parte do nosso ser e estão envolvidas em cada percurso do nosso viver, afetando de forma mais ou menos positiva da forma como vivemos, nos relacionamos e acima de tudo, a forma ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

Murmúrios de um Tempo Anunciado

Por Pedro Elias
Caminhos de Pax, Lda.
658 visualizações
Murmúrios de um Tempo Anunciado é um romance histórico que atravessa um dos períodos mais intensos do Cristianismo. De Décio a Constantino, das perseguições à instauração do dogma, de ...
Ler mais