Silvana Correia

URANO e SATURNO em TENSÃO – Reflexo na humanidade

Por Silvana Correia em Fevereiro 2021

Tema Desenvolvimento Pessoal / Publicado na revista Nº 19
395 visualizações

Os padrões dos corpos celestes que convidam a humanidade para transformações, são muito diferentes de 2020 para 2021. A energia de 2020 foi de controlo, resiliência, lenta, mais contida. 2021 é uma energia veloz, inesperada, revolucionária e surpreendente É interessante referir, e no sentido de clarificar o quanto a humanidade está a ser impulsionada para integrar as energias de Aquário  Era de Aquário,  o raro evento astrológico que ocorreu no dia 11 de Fevereiro  um encontro de seis corpos celestes em Aquário – lua, Sol, Vénus, Mercúrio   que se encontrava retrógrado, Júpiter e Saturno. No mesmo dia , a Lua fez uma conjunção ao Sol  lua nova, tornando este evento ainda mais belo e  mágico  a linguagem divina comunica à humanidade sobre as grandes transformações que esta será impelida a realizar a partir de 2021  trazer uma nova consciência à humanidade. Uma Lua nova, é uma assinatura celeste para um nascimento, um novo ciclo onde eu sou convidado a  semear novas sementes. Que sementes estamos a semear para a inevitabilidade de gigantes transformações? A onda cósmica Aquariana de Fevereiro, serve propósitos de liberdade, individualidade, empoderamento, humanitarismo, igualdade, cooperação e descristalização do velho.


2020, apesar de intenso, foi “contido”. O ano de 2021 e 2022 não serão assim. Saturno, planeta social, ingressou em Aquário em Dezembro de 2020, onde estará, nestas energias revolucionárias, até Março de 2023.

O impulso é quebrar limites restritivos para inimagináveis transformações em todas as áreas. Será o início, mais visível,  de novos programas que a Era de Aquário quer “Instalar” na consciência do coletivo. Representará um pequeno vislumbre do que está por vir a partir de Novembro de 2024,  do ingresso definitivo de  Plutão em Aquário. Plutão, desde 2008 até 2024, transita por Capricórnio, mexendo com as energias subterrâneas e obscuras das velhas estruturas, trazendo-as para a superfície. Liberta, colapsa o que está invisível e o que necessita de ser libertado para integrarmos os novos programas  Era de Aquário. Lembremo-nos que em 2008 iniciou a maior crise financeira desde 2030. Nos EUA, o banco de investimentos Lehman Brothers,  entra em falência arrastando, como uma bolha, todo o mundo para uma crise mundial. 

Como pano de fundo para esta dificuldade na “implantação” das energias de Aquário, ao longo de 2021 e 2022, teremos 4 quadraturas, relação tensa, entre Saturno e Urano e ocorrerão a:  17 de Fevereiro, 14 de Junho, 24 de Dezembro e Outubro de 2022. Saturno, planeta social,  e Urano, planeta transpessoal que impulsiona o colectivo para  uma “nova” consciência,  são regentes de Aquário, contudo estão em relação de conflito.  Saturno encontra-se “no ar que aprecia”, está num dos signos que gere. Urano, ao contrário de Saturno, está desconfortável uma vez que desde 2018  movimenta-se pelas energias fixas de Touro,  muito  resistentes à mudança. O arquétipo de Saturno representa limites, estruturas cristalizadas, tem uma natureza lenta, parada, seca e dura. O arquétipo de  Urano é o mestre do caos e da mudança. É o grande despertador cósmico que leva a mudanças de consciência para percepções de novas da realidade. Representa a urgência para a liberdade, originalidade e independência do status quo. É uma energia eletrizante e imprevisível. Representa a mente cósmica, estimulando downloads vindo da mente divina, que conduzirá a humanidade  para um salto quântico de invenções incríveis. 

Saturno em Aquário construirá novas estruturas reunindo pessoas, criando redes, integrando ideias visionárias para o futuro com base em valores humanitários, respeitando a individualidade de cada um – liberdade. Contudo, Saturno representa estruturas, limites e normas que dão ordem e torna a  civilização possível, aparentemente organizada. Na energia livre e rebelde de Aquário, essas normas podem ser muito restritivas, podem questionar as velhas normas,  gerando fricção entre o velho e o novo. 


Urano em Touro (2018 a 2026)  tira o chão dos nossos pés, daquilo que aparentemente nos dá segurança – dinheiro, trabalho, relações, carreira. Nos encaminhará para uma nova  consciência de valores, da nossa relação com a matéria, com a mãe Terra, com as conexões novas que eu quero criar. Revolucionará o sistema financeiro e a forma como olhamos para a matéria. 

Saturno (em Aquário)  e Urano (em Touro) em alinhamento tenso, representa uma colisão entre o velho e o novo. Urano luta pela liberdade, agitando o caos e a incerteza, por uma nova forma de organização da sociedade baseado em princípios de igualdade, fraternidade, cooperação. Saturno luta pela estabilidade, segurança, pelo convencional, a ordem e o controle. Urano representa o povo, o colectivo, a liberdade. Saturno representa o status quo, a disciplina e os limites. 

Em 2021 e 2022 teremos esta resistência nos céus que coincidem sempre com grandes revoluções e transformações políticas,  sociais e económicas. O ciclo de Saturno e Urano ocorre a cada 45 anos. Iniciou a Maio de 1988 quando estavam em trânsito por Sagitário e termina a 2032,  iniciando aí outro ciclo. Em 1989 ocorreu um evento muito uraniano   a queda do muro de Berlin. Perante o olhar de milhões de pessoas, muros caiem, representado simbolicamente a queda do muro que restringe a liberdade, a força do colectivo e a implantação de novos ideais para a humanidade – Urano em Sagitário. Eventos  históricos mais fortes acontecem no início conjunção, na oposição e nas quadraturas – energia tensa que  estamos a viver no momento. Estamos num período final de dissolução, preparando o caminho para o que vem a seguir.

É o ano de Aquário, de fortes fricções, não dá para ficar em cima do muro, no sofá. As ondas cósmicas estão a varrer o velho, o que perturba o status quo, o subterrâneo. É a força do colectivo para a integração de uma nova consciência – humanidade, transparência, individualidade, fraternidade. A visão mais sombra destas energias que estão em tensão são:  colapso financeiro, revoluções e protestos civis em grande escala, radicalização, luta pela transparência. Em Aquário, avanços tecnológicos inimagináveis para o controlo, manipulação e programação das massas.  

Considero interessante referir a temática da mitologia. Na mitologia, Saturno – Cronos é filho de Urano. Saturno castrou o seu pai e comeu os seus filhos. Teremos uma “luta” entre pai e filho no “nosso céu” que nos governa a todos. Apesar da batalha de titãs que veremos, Urano ganha – planeta transpessoal que impulsiona a humanidade para um despertar da sua consciência – espiritual, do seu poder. A questão que se coloca,  é que pedras teremos no caminho, na inevitabilidade das transformações –  individual e colectivamente. O padrão nos céus é de tensão, confronto e surpresas que chocarão o colectivo.  Com que frequência, com que consciência, viveremos na Terra esses padrões dos céus? 

Neste âmbito, Alice Bailey, afirma que: “Quando o discípulo vê em Saturno o deus que oferece oportunidades e não o considera apenas uma divindade que atrai catástrofes, então ele é um verdadeiro discípulo no caminho da verdade e da ação correta, e não em algo meramente teórico ”. 

Na verdade Saturno representa também a alta sabedoria. Antes de evoluirmos para uma nova consciência, temos os “testes” de Saturno. Saturno governou uma Idade de Ouro e  de abundância. Em várias e diferentes tradições, existe uma relação manifesta entre o despertar da mente mais elevada, e o surgimento de Eras Douradas.  A Era de Ouro é marcada pela atividade de buddhi-manas, ou inteligência universal, e há uma ligação direta entre Saturno e esta mente mais elevada representada por Urano. Veremos este ouro também a ser materializado, embora ainda não visível para as massas, mas ele está a nascer.  Vivemos tempos incríveis de transição para uma Terra Nova que a humanidade, mais desperta, escolhe viver. 

Estamos a arrumar a casa – a NOSSA CASA.

Silvana Correia



ARTIGO MAIS VISTO

COVID-19 e a alimentação.

COVID-19 e a alimentação.

Isabel Moreira
Por Isabel Moreira em Março 2020
Tema Desenvolvimento Pessoal
5945 visualizações

O cuidado prestado por cada um de nós é fundamental na contenção e evolução desta epidemia que afeta a todos.

Mantenham as medidas de higiene que a organização Mundial de Saúde ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

Diário da Alma

Por Lurdes Pinheiro
Edições Mahatma
451 visualizações

Quando precisamos de ser organizados dentro e fora de nós, usamos uma agenda para que os nossos afazeres aconteçam na hora certa e no momento apropriado. ...
Ler mais