Manuel Moreira

Pulmões, Respiração e poder influencia decisiva da respiração na vitalidade, liderança e sucesso!

Por Manuel Moreira em Dezembro 2020

NaturMed - Medicinas Naturais
Rua Antero de Quental 309 - 1.º Dto. - Tras. 4050 - 057 Porto
Porto, Portugual
919915438
Tema Saúde / Publicado na revista Nº 18
291 visualizações

Os Pulmões, mas sobretudo a Respiração ou Capacidade Respiratória, estão ligadas desde que nascemos até que morremos às nossas Capacidades de:

- Estar Vivos;

- Resistir a Dificuldades de vária ordem (sobretudo dificuldades que ameaçam gravemente a sobrevivência, como nos casos de perigo de afogamento em naufrágios ou ficar soterrado em casos de desabamentos por tremores de terra ou queda de edifícios, etc.);

- Capacidade de Liderança (capacidade para liderar a si próprio e capacidade para liderar outras pessoas).

Portanto vale bem a pena estudar profundamente a Respiração, compreender muito bem como funciona e praticar diariamente Exercícios Respiratórios.

Além disso, é fundamental ir tomando consciência da Respiração nos diversos actos do dia a dia, pois a maneira como respiramos afecta não somente a nossa parte física mas também e sobretudo a maneira como gerimos as nossas Emoções e a nossa capacidade de Raciocínio e Discernimento e daí afectar a nossa capacidade de Liderança.

A Respiração Pulmonar começa com o nosso Nascimento, logo após o parto materno e termina com a nossa Morte.

Curiosamente, dizemos de alguma ideia luminosa (“insight”) que tivemos uma “Inspiração”, o que traduz a ideia de como a Respiração influencia e alimenta o “Pensar” ou “Pensamento” ou “Discernimento” ou “Compreensão” ou “Entendimento” ou “Descoberta” (mentalmente falando) ou “Encontrar a Solução para a Resolução de um Problema”.

Por outro lado, dizemos “Fulano expirou”, querendo dizer que “Fulano morreu”.

Pois a “última Expiração” determina a Morte.

Logo, é importantíssimo aprendermos a Respirar correctamente e livremente, sem bloqueios nem constrangimentos internos ou externos, físicos ou energéticos.

A Respiração ideal, saudável e eficaz, é obrigatoriamente livre e descontraída, longa e profunda.

Portanto, tudo que obstrua ou dificulte esses aspectos, provocará obrigatoriamente danos graves na Saúde, nomeadamente se tais obstruções não forem resolvidas ou retiradas a tempo, o mais rapidamente possível.

É muito importante reflectir bem sobre esta aspecto, pois enquanto que podemos estar cerca de 50 dias sem comer e cerca de 20 dias sem evacuar, uma pessoa comum não aguenta mais do que cerca de 2 minutos sem respirar, morrendo imediatamente!

Segundo o Livro dos Recordes (2012) o máximo de apneia (ficar sem respirar) foi conseguido pelo dinamarquês Stig Severinsen - 22 minutos - o qual era mergulhador profissional e, claro, praticante de apneia.

IMUNIDADE E RESPIRAÇÃO

Quanto melhor respirarmos (respiração livre, lenta e profunda), melhor e mais resistente será a nossa Saúde e, portanto, maior e melhor será também a nossa Imunidade.

VÍRUS, BACTÉRIAS E IMUNIDADE

Desde que foram descobertas as Bactérias e outros Micróbios, Vírus incluídos, existem basicamente 3 maneiras de olhar para esses seres maravilhosos:

1. Considerando-os como seres normais ou mesmo amigos.

2. Considerando-os como seres estranhos e nossos inimigos.

3. Entender que tudo no Universo “tem a sua razão de ser”, que “tudo está no seu lugar” e que “tudo tem a sua função própria”.

É claro que o mais sensato e inteligente é pensar conforme expresso em “3.”, isto é:

“Se algo existe, é porque tem razões e condições para existir”:

Seja Vida ou Morte, Saúde ou Doença, Pedras ou Minerais, Plantas ou Vegetais, Vírus ou Animais.

Contudo, a maioria das pessoas desenvolve raciocínios muito limitados (não amplos, não com visão global, integral, abrangente). Por isso, tira também conclusões muito precipitadas e limitadas, o que gera emoções impróprias, como medos infundados ou exagerados e estes por sua vez levam a procedimentos e comportamentos por vezes exagerados, absurdos e errados.

HISTÓRIA DAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS E EPIDEMIAS

Curiosamente, os Pulmões são o único Órgão Interno que está em contacto directo com o exterior, através de:

- Nariz;

- Boca;

- Pele (energeticamente a Pele é governada pelos Pulmões e curiosamente a Rã e os outros Anfíbios, apesar de terem Pulmões e Respiração Pulmonar, na fase adulta, em que já vivem ou podem viver em terra, também Respiram pela Pele - Respiração Cutânea).

Por isso, se aumentarmos o nosso contacto com o meio ambiente, respirando lentamente e profundamente e usando o mínimo de roupa e de outros “protectores”, aumentamos a nossa resistência, Saúde, Vitalidade, Imunidade.

Por isso, crianças pobres que vivem mais em contacto com o ar e com menos roupa, tornam-se mais resistentes às intempéries e dificilmente se constipam ou contraem infecções respiratórias.

Mas as crianças ricas superprotegidas. facilmente contraem constipações ou gripes.

No serviço militar, como se preparam os soldados, oficiais e generais para a guerra?

É com mil e uma protecções e ficando fechados nos quartéis ou é fazendo exercícios extenuantes e em condições adversas (com pouca comida, pouca bebida, frio, etc.)

Ora é com as dificuldades que se robustecem, se fortalecem, ganham coragem e autoconfiança!

E no mundo empresarial, como nascem, crescem e se fortalecem os Empresários? É em momentos de “vacas gordas” ou de “vacas magras”?. Está visto, comprovado e registado que é em momentos de dificuldades que nascem Empresas poderosas e de Sucesso, é com as dificuldades que os Empresários se tornam mais resistentes, mais conhecedores e mais valentes.

E no mundo do desporto? Como treinam os desportistas de sucesso?

É superprotegendo-se dos pés à cabeça ou é treinando arduamente, tomando banhos supergelados (crioterapia, como Cristiano Ronaldo - método inclusive usado para encurtar tempos de recuperação após lesões ou cirurgias, além de beneficiar até o aspecto estético) e expondo-se às dificuldades e desafios em todos os jogos (como no futebol, etc.)?

Ora está à vista de todos que é a dificuldade tremenda (temperaturas muito abaixo de zero - crioterapia, por exemplo), que cura e revitaliza e não a protecção do frio, das dificuldades ou de outras ameaças externas.

EPIDEMIAS AO LONGO DA HISTÓRIA

Já em 412 a.C. Hipócrates descreve a gripe (influenza), a qual é uma infecção viral dos Pulmões e Vias Respiratórias, a qual pode ocorrer de forma epidémica ou pandémica (espalhando-se por vários países ou continentes).

Desde essa época, manifestaram-se cerca de 32 pandemias (epidemias que se espalharam por vários países ou continentes).

Tudo muda, tudo está continuamente em mudança ou transformação. Por isso, também os vírus mudam, quando o ambiente muda. É a lei da sobrevivência. Quem se adapta sobrevive. Quem não se adapta, enfraquece e morre. Até os Vírus sabem disso, mesmo mecanicamente ou instintivamente.

Por outro lado, tudo é resultado de condições (internas e externas).

Assim, se surge uma doença, epidemia ou pandemia, é porque foram criadas condições para isso. Não podemos controlar tudo. Mas se controlarmos ao menos 1% da nossa vida, já podemos tornar-nos Saudáveis, Sábios ou Pessoas de Sucesso.

Porém, se ficarmos à espera que sejam outros, pessoas ou instituições externas a nós, a resolverem os nossos reais problemas (sejam problemas de Vírus, de Doenças, de Dinheiro ou seja do que for), então já estamos perdidos.

Precisamos ser independentes, autónomos, económicos, embora compreensivos, sensatos e solidários. Quanto mais dependentes formos, mais doentes, mais pobres e mais sujeitos estamos a ser vítimas de abuso ou de violência.

Por isso, D.Pedro I do Brasil (D.Pedro II de Portugal) (1.º Imperador do Brasil e Fundador da Nação Brasileira), depois de declarar:

“...Viva a Independência, à Liberdade…” emitiu, nas margens do riacho Ipiranga, onde é hoje a cidade de São Paulo,o seu célebre “Grito do Ipiranga”: “Independência ou Morte!”

Então é importante que reflitamos sobre isso.

Precisamos de aprender, compreender e praticar diariamente Hábitos Saudáveis, Económicos, Inteligentes, para garantirmos elevados níveis de Saúde e Imunidade.

Sem isso, destruindo diariamente a nossa Saúde e Imunidade, como queremos resistir a Doenças, Epidemias e Pandemias? Por outro lado, em vez de tornar a População ignorante, vítima e escrava de si própria e de aproveitadores inescrupulosos, os Cidadãos e as Instituições conscientes e com sentido de solidariedade e justiça, deverão promover a Educação da População, tornando-a mais consciente, livre e responsável.

Mesmo tomando Vacinas, pessoas debilitadas, em vez de ficarem “vacinadas”, contraem Doença ou Doenças e morrem ainda mais rápido ou imediatamente. Isso sempre ocorreu desde sempre e é compreensível. Tal como alguém que pratica exercício dentro dos seus limites, se fortalece. Mas se exceder os seus próprios limites, lesiona-se ou morre!

Louis Pasteur (1822-1895) descobriu os Micróbios com o auxílio do microscópio.

Ainda hoje continuamos a sofrer no mundo inteiro o efeito oportunista que teve essa descoberta, por parte dos que passaram a atribuir aos Micróbios a causa das doenças infecciosas, ignorando propositadamente as condições do meio (interno e externo).

Será que uma planta do solo, sobrevive sem terra, água e Sol? Não sobrevive. Morre imediatamente, bastando faltar-lhe apenas um dos três. Com os micróbios também é assim. E isso está bem estudado, bem sabido, bem comprovado.

Mas essa verdade indesmentível continua sendo “ignorada”, desprezada, até mesmo contestada pelos defensores da dependência, ignorância e escravização da População.

Assim, gastam-se fortunas desmedidas com medidas paliativas, em vez de se fomentar:

-  A Alimentação saudável, com Alimentos Biológicos (sem químicos, pesticidas ou conservantes químicos venenosos, etc.).

- Respiração lenta, profunda, com ar livre não poluído.

- Exercício adequado (Qi Gong, Ritmoprática,Taiji Quan, etc.).

- Autocontrole Emocional.

- Pensamento esclarecido, independente, livre (não de escravo, dependente, inconsciente).

PRINCIPAL É DENTRO , PRINCIPAL INIMIGO É DENTRO

Na época em que a ameaça de cólera ecoava como pânico na Europa, foi quando Robert Kock descobriu o “Bacilo da Cólera”, ao qual, à semelhança de Pasteur, atribuiu a causa da Cólera, sem considerar as condições do meio:

A) Meio interno (o corpo da pessoa e seu estado de Saúde);

B) Meio externo (estado atmosférico, condições de higiene de distribuição de água, condições de habitabilidade das casas, etc.).

Condições essas de ambiente ou terreno para o Bacilo sobreviver, reproduzir-se  ou transmitir-se.

Porém, Max Joseph von Pettenkofer (1818-1901) discordou dessa visão tacanha, limitada (unilateral) e distorcida da realidade. Segundo ele, a causa de nos tornarmos mais susceptíveis às ameaças externas, como climas adversos ou micróbios, não era a invasão desses seres minúsculos, até mesmo invisíveis a olho nu e sim principalmente o enfraquecimento das nossas condições fisiológicas internas (meio interno doente ou enfraquecido).

Para comprovar por si próprio o seu ponto de vista, Max Joseph von Pettenkofer obteve uma solução (“caldo”) de bactérias - bacilos da cólera - para um teste de demonstração pública na presença de várias testemunhas em 7 Outubro 1892. Ele tomou 1 copo desse líquido infectado por Bacilos da Cólera puros e não manifestou, para surpresa geral, nenhum sintoma de doença.

Nessa demonstração pública, tomou também Bicarbonato de Sódio para neutralizar o Ácido Clorídrico do Estômago, para contrariar a afirmação de Robert Koch de que o Ácido Clorídrico do Estômago poderia matar os Bacilos da Cólera.

Pois sendo uma pessoa que respeitava, pelo menos minimamente, a sua própria fisiologia, através da Alimentação e de outros Hábitos saudáveis, o seu corpo reagiu saudavelmente e imediatamente aos Micróbios, eliminando esses mesmos micróbios “invasores” (que ele próprio tomou), através de uma diarreia fisiológica (não foi diarreia patológica).

Ele apenas sentiu depois sintomas ligeiros durante uma semana, tendo inclusive afirmado que não estavam associados à Cólera. Mas mesmo admitindo que tais sintomas tenham sido de Cólera, o facto é que devido à sua própria Imunidade Interna, evitou que ficasse doente de Cólera, apesar de já contar com a provecta idade de 74 anos e ainda viveu mais 9 anos.  

Esse acontecimento histórico está devidamente registado e inclusive pode ser encontrado descrito ainda hoje na Internet. Contudo, não é revelado nem comunicado normalmente nem oficialmente à População, nem é ensinado nas Escolas, mantendo assim a População enganada, ignorante e cheiinha de medo de Vírus, Bactérias e Micróbios em geral.

Pois assim como o maior amigo que temos somos nós mesmos, assim também o nosso maior inimigo somos nós mesmos também, praticando pensamentos, sentimentos e comportamentos construtores ou destruidores da nossa própria imunidade.

E vale a pena lembrar aqui que Principal é o que é Necessário. Desejoso é Complementar.

Quem inverte essa ordem, obtém Doença, Miséria e Insucesso em geral.

Quem respeita essa ordem na Alimentação, no Pensamento e nas Actividades diárias, obtém Saúde e Sucesso.

SOBRE MAX JOSEPH VON PETTENKOFER

Max Joseph von Pettenkofer (1818-1901) foi um famoso e respeitado médico, químico, farmacêutico, cientista e higienista alemão da Baviera, defensor das boas práticas da higiene pessoal e ambiental, não no sentido do “combate aos micróbios” e sim no sentido de criar condições saudáveis para que os micróbios não tenham hipótese sequer de se desenvolverem ou de sobreviverem.

Defendia a Distribuição de Boa Água à População e de Ar puro, com Esgotos adequados, mas sem medo dos Micróbios, conforme demonstrou na Experiência Pública em que tomou os próprios Bacilos da Cólera e não ficou doente com Cólera nem morreu de Cólera!

Suas ideias e comprovação prática concreta foram de anticontagionista (contrariando Louis Pasteur e Robert Koch).

Argumentava que as Doenças infecciosas eram o resultado de um conjunto de múltiplos factores (e não apenas de um, como os micróbios), incluindo resumidamente:

- O Estado de Saúde pessoal de cada pessoa;

- A Fermentação de Águas subterrâneas ambientais;

- O próprio Micróbio em si (mas nunca o Micróbio apenas).

Foi um forte defensor da Saúde Pública, o que às vezes

o colocou em conflito com Robert Koch.

Nesse sentido, defendeu e ajudou a fundar o “Instituto de Higiene da Alemanha”, ideia e exemplo que serviu para se espalharem Institutos idênticos por todo o mundo.

Os seu tipo de planeamento usado para os Sistemas de Esgotos nas cidades, são ainda hoje reflectidos no mesmo tipo de Planeamento dos Esgotos nas cidades modernas no mundo inteiro.

Defendeu a construção de Acomodações (Casas) mais espaçosas para circulação adequada de “Bom Ar” e escolha de Espaços adequados para morar, para fomentar a Saúde dos seus ocupantes, à semelhança da milenar sabedoria chinesa do Feng Shui.

Mas hoje em dia, temos cada vez mais Casas, Moradias e Apartamentos, menos espaçosos e mais baixos e depois deita-se a culpa das Doenças e Pandemias aos Vírus!...

Entre outros Títulos e elogios que recebeu em vida, Max Pettenkofer:

- Foi agraciado com o Título de cidadão Honorário de Munique e com uma Medalha de Ouro;

- Em 1883 foi premiado com o Título de Nobreza Hereditária e de “Excelência”;

- Em 1887 foi agraciado com a Medalha de Harlen do Instituto Britânico de Saúde Pública.

Além disso, o seu nome consta na London School of Hygiene & Tropical Medicine, numa lista de 23 pioneiros de Saúde Pública e Medicina Tropical.

MEDICINA NATURAL

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

MACROBIÓTICA E AUTO-EDUCAÇÃO VITALÍCIA

Na Medicina Natural (Oriental ou Ocidental), como na Medicina Tradicional Chinesa (que é uma Medicina Natural) e na Macrobiótica ou Auto-Educação Vitalícia, existe uma compreensão mais abrangente, holística ou global da realidade, além de existir também um profundo respeito e compreensão das Leis da Natureza.

Quem respeita as Leis da Natureza dificilmente ficará gravemente doente. Mas mesmo ficando doentes, podemos retornar à normalidade da Saúde,fazendo o que é necessário ser feito a tempo e correctamente. Existem numerosos e eficazes Métodos Terapêuticos nessas abordagens naturais, para os Problemas Respiratórios e para todo o tipo de Doenças.

TRATAMENTO DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

Pulmões e Intestino Grosso constituem um Par Energético do Elemento Metal.

Por isso, o Intestino Grosso deve estar limpo, para também os Pulmões e a Respiração

funcionarem correctamente.

Também é importante praticar Exercício como Qi Gong, Ritmoprática ou Taiji Quan, etc.

E fazer Exercícios Respiratórios adequados, de preferência ao Ar livre ou com as Janelas abertas, em casa, por exemplo.

RECEITAS DE TRATAMENTO

1. Constipação Respiratória, Gripe ou Outras Infecções Respiratórias

Sintomas: Arrepios de frio, mucosidade ou expectoração (catarro), tosse, febre.

Tomar:

Chá de 3 anos com 1 Umeboshi (ameixa salgada) esmagada, 1 colher de café de Shoyu (molho de soja), 3 - 5 Gotas de Sumo de Gengibre. Despejar o Chá a ferver sobre a mistura tomar, agasalhar-se e repousar.

2. Sintomas: Tosse e Mucosidade (Catarro).

Tomar:

A) Chá de Raiz de Lótus;

B) Ou se encontrar Raiz de Lótus crua, tomar:

Sumo de Raiz de Lótus crua, ralada e espremida,

misturada com 5 gotas de Sumo de Gengibre.

3. Sintomas: Tosse muito forte.

Tomar:

Chá de cascas de Cerejeira. Soluciona imediatamente.

Aplicar também Moxabustão nos Pontos:

- ID3 Houxi (Jap. Go Kei) (Abertura do Du Mai)

- B62 Shenmai (Jap. Sho Kay) (Abertura do Yang Qiao Mai)

Ou em alternativa, Moxabustão nos Pontos:

- B13 Feishu (Jap. Hai Yu) (Shu das Costas, do Pulmão)

- B15 Shinshu (Jap. Shin Yu) (Shu das Costas, do Coração)

4. Sintomas: Febre, em pessoas mais frágeis, principalmente crianças.

Aplicar a seguinte Compressa:

Misturar bem 2 ingredientes: 1 Tijelinha cheia de Nabo branco comprido ralado e 1 Punhado de Sal marinho Integral. Colocar dentro de um saco plástico, amarrar bem e colocar na Testa e na Nuca. De  notar que na criança a febre sobe rapidamente, mas também baixa rapidamente (é tudo muito rápido, por isso, estar atento).

5. Se a Febre for persistente (2 a 3 dias) e mais forte, tal pode significar ameaça de Pneumonia e ou Meningite. Nesse caso,

Tomar:

Caldo de Arroz Integral cozido com cordão umbilical ou com minhoca. No cordão umbilical ou na minhoca, a Piramidona é a substância antipirética natural neles existente e que portanto faz baixar a Febre.

Preparação:

Tostar o Arroz Integral até ficar castanho claro. Acrescentar 3 a 4 Chávenas de chá de Água. Colocar 5 a 10 minhocas bem lavadas e secas (ao Sol ou na sombra) e sem terra dentro (para retirar a terra, introduzir um palito fino na minhoca e revirá-la pelo avesso em torno desse palito). Ao cozinhá-las um pouco, logo as minhocas derretem. Está pronto a tomar.

 

6. Sintomas: Irritação ou Dor de Garganta com Coriza (Corrimento nasal transparente).

Tomar:

Alimentação básica correcta pode já solucionar o problema.

Mas complementarmente pode tomar-se: caldo de Raiz de Lótus ou Creme ralo de Farinha de Araruta ou de Kuzu, cozido com Alga Kombu bem tostada, até ficar meio carbonizada.

7. Tratamento Externo e Interno para Febre Alta

Outro Tratamento para Febre Alta é aplicação de Emplastro de Verduras esmagadas ou de Tofu cru esmagado.

Em casos de pessoas de constituição ou personalidade mais forte, utilizar também Caldo de Maçã pequena ácida, ralada com casca e acrescentando 2 a 3 Gotas de Sumo de Limão. Misturar bem e tomar, para baixar a Febre. Este Tratamento com o Caldo de Maçã também está indicado para pessoas que tenham consumido muita proteína animal (carnes, peixes, etc.).

8. Sintomas: Dores de Cabeça.

Neste caso, pode esfregar na Testa o Caldo de Maçã ralada espremida ou Sumo de Nabo ralado.

Nota:

Na maioria dos casos, esta Dor de Cabeça ocorre devido a Prisão de Ventre. Pelo que deve tratar-se esse problema, incluindo através da toma de Óleo de Rícino (purgante natural).

9. Alimentação e Intestino

Os Tratamentos aqui propostos funcionam adequadamente se e só se o Intestino Grosso estiver desimpedido (sem Prisão de Ventre), pelo que deverá tratar-se desse problema.

Para libertar o Intestino (caso seja necessário), pode fazer-se Automassagem (AutoShiatsu) nos Pontos IG4 Hegu (Ponto Yuan), P5 Chize (Ponto Água, Ponto Ho trata a Víscera acoplada) e se necessário também ao longo do Meridiano do Intestino Grosso no Antebraço.

Fazer 50 a 200 vezes pressão nos Pontos indicados e 30 a 100 vezes no Meridiano e zona indicadas.Nas mulheres fazer primeiro do lado esquerdo. Nos homens fazer primeiro do lado direito.

Ao desaparecerem os sintomas e normalizar o funcionamento do organismo, adoptar uma Alimentação baseada em Arroz Integral e Vegetais diversos (raízes, talos, folhas). Mas a saída do jejum (se tiver estado em jejum), deve ser gradual, começando com um caldo ralo de Arroz integral que gradualmente, de dia para dia, se vai engrossando, até chegar novamente à ingestão dos alimentos sólidos.

10. Funcionamento Intestinal e Respiratório

Tomar:

Pasta (Patê) de Alho esmagado com Umeboshhi (Ameixa japonesa) ou Sumo de Caruma verde (Folhas verdes de Pinheiro picadas, amassadas, espremidas e misturadas com Água viva (de Fonte). Este preparado fortalece os Pulmões, o Coração e recupera a qualidade do Sangue.

11. Sintomas: Diarreia aguda.

Tomar:

Acrescentar Creme de Farinha de Araruta ou de Kuzu à Receita 1.

12. Sintomas: Tosse, Constipação (Resfriado) ou Bronquite.

Tomar:

Acrescentar Sumo de Raiz de Lótus à Receita 1.

13. Sintomas: Cálculos Biliares ou Renais.

Tomar:

Acrescentar Sumo de Nabo Branco Comprido ralado à Receita 1.

14. FITOTERAPIA DE PLANTAS SIMPLES

Exemplos indicados para Problemas Respiratórios:

Dente-de-leão, Cascas de cebola, Flores de Madressilva, Erísimo, Perpétuas Roxas, Agrião, Rizoma de Gengibre, Rizoma de Lótus, Avenca, Capítulos de Tussilagem, Raiz de Alteia, Pulmonária, Borragem, Bolsa-de-pastor, Flor de Carqueja, etc.

15. ALIMENTOS ÚTEIS PARA OS PULMÕES

Dentre a enorme diversidade, destacamos, entre os Vegetais:

Cebola, cascas de cebola, cenoura, rizoma de lótus, agrião, dente-de-leão, alho, rizoma de gengibre, etc.

FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA

Exemplos de Fórmulas diversas, consoante o tipo de Problemas Respiratórios:

- T03 Herbal Sentinel Yang

- T04 Herbal Sentinel Yin

- T10 Jade Screen

- T23 Welcome Fragrance

- T33 Expel Wind Heat

- T34 Expel Wind Cold

- T39 Clear Qi

- Etc.

NOTA

Estas Fórmulas estão à Venda Online em:

www.naturmed.com.pt

CONCLUSÃO

Constipação Respiratória (Resfriado), Gripe e outras Infecções Respiratórias ou Doenças Diversas, são OPORTUNIDADES para Sensibilização, Aprendizagem e Treinamento para  Prevenção e ou Tratamento autónomo, independente.

Bibliografia:

Autocontroleterapia, Tomio Kikuchi, Musso Publicações

Moxabustão, Tomio kikuchi, Musso Publicações

Por uma Vida Sã

Ao nível Individual, Familiar e Mundial!


ARTIGO SUGERIDO

Só por hoje, não se preocupe

Só por hoje, não se preocupe

Nicole Santos
Por Nicole Santos em Maio de 2020
Tema Saúde / Publicado na revista Nº 15
1039 visualizações

Pré-ocupamos constantemente a nossa mente com os problemas que ainda não apareceram ou com os que têm uma solução simples, tornando-os assim, demasiado complicados para nos considerarmos ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

Murmúrios de um Tempo Anunciado

Por Pedro Elias
Caminhos de Pax, Lda.
627 visualizações
Murmúrios de um Tempo Anunciado é um romance histórico que atravessa um dos períodos mais intensos do Cristianismo. De Décio a Constantino, das perseguições à instauração do dogma, de ...
Ler mais